sábado, 31 de maio de 2008


Hanne, nós te amamos muito!

Deus está contigo!

sexta-feira, 30 de maio de 2008

Sem tempo

Eu e meu amigo Rostan Martins estamos finalizando nosso livro sobre causos da política amapaense, por isso ando sem tempo pra correr atrás de notícias e o blog fica devagar.
Mas isso é só até amanhã, sábado. Portanto, no domingo descanso e na segunda-feira o blog voltará a ser atualizado regularmente e várias vezes por dia. Assim espero.

terça-feira, 27 de maio de 2008

É hoje!

“Ela é o bolero e eu sou a Bossa Nova,
não poderia haver parceria mais legítima"
(Roberto Menescal)

Sucesso nas Américas do Sul e Norte e vários países da Europa a cantora espanhola Montserrat estará hoje, a partir das 21h, no palco do Teatro das Bacabeiras com o espetáculo "Boleros com Bossa" - que comemora os 50 anos da Bossa Nova.

O show - que é imperdível - tem direção e arranjos de Roberto Menescal e concepção de Mièle.

Menescal conta que a idéia do projeto surgiu quando ele ouviu Montserrat cantar Insensatez, de Tom Jobim. “Há muito tempo procurava uma voz feminina marcante e autêntica para gravar clássicos do bolero com arranjos de Bossa Nova. Meu encontro com Montserrat é completo”, diz ele.

segunda-feira, 26 de maio de 2008

Bom dia!

"Estou aqui não porque deva estar, nem porque me sinta cativo nesta situação, mas porque prefiro estar contigo a estar em qualquer outro lugar do mundo inteiro." ( Richard Bach)

Macapá tem...

Um sol bochechudo dourando as manhãs
(Foto: Chico Terra)

PR lança Trajano

O Partido da República (PR) oferece hoje um café da manhã aos jornalistas amapaenses, ocasião em que fará o lançamento da pré-candidatura de João Trajano à Prefeitura de Macapá.
O evento está marcado para às 9h no Salão de Recepção do Macapá Hotel.
Por enquanto são pré-candidatos a prefeito
Dalva Figueiredo (PT)
Fátimas Pelaes (PMDB)
Lucas Barreto (PTB)
Randolfe Rodrigues (PSOL)
Davi Alcolumbre (DEM)
Roberto Góes (PDT)
Moisés Souza (PSC)
Camilo Capiberibe (PSB)
Benedito Dias (PP)
João Milhomem (PCdoB)
e outros menos expressivos.

Chuva-Matina

CHUVA-MATINA
Alcy Araújo

(1924-1989)

De repente o azul do céu ficou cinzento e o sol que bailava em luz na manhã tomou a inesperada resolução de se esconder por trás do silêncio que se fez.
Um relâmpago fotografou o momento de espanto e um trovão rasurou a manhã que ficou pesada como chumbo. Então a chuva começou a cair sobre a cidade, comprimindo os pássaros contra as árvores molhadas e as crianças nas vidraças das janelas.
Depois a chuva começou a entrar no meu quarto, gotejar no meu poema, molhar o meu relógio cansado de marcar as horas lúcidas do meu imenso amor, refletido em lágrimas no espelho defronte e insone.
Poderia contar aos que ouvem meu poema nascendo, que muitas dores embarcaram inutilmente nos barquinhos de papel para naufragarem sem remissão logo adiante, na primeira curva do rio que a chuva inaugurou diante de minha janela. Mas não conto porque todas as tristezas voltaram a habitar o meu dia e a minha noite e o meu poema.
Estou visivelmente crucificado à minha dor. Mesmo porque não tenho uma rosa vermelha para mandar à Bem-Amada que chora a minha ausência e a infelicidade de haver me amado numa noite em que a música vinha do interior dos saxofones e nos tornou comovidos e solitários. Lembro que não conhecemos ninguém fora de nós mesmos, quando promovíamos a gestação da saudade.
Sei agora que ando de pés nus, pisando lágrimas cristalizadas que ferem como cactos. Mas longe, onde a esperança se esconde, a felicidade prometida sorri nos olhos daquela que tem as mãos cheias de afeto.
E a chuva continua lavando desencantos...
Não tenho, porém, nenhuma rosa e nenhum pássaro pousado nos meus ombros nesta manhã cinzenta. Quem estiver ouvindo o meu poema nascendo sabe que é assim e que me falta um gesto de amor que ficou na saudade e que pode voltar a qualquer momento, para minha eternidade absoluta. Digo isto porque o céu está ficando azul novamente, neste instante em que enxugo uma lágrima no lenço que guarda a lembrança das lágrimas que a Bem-Amada chorou, numa desesperada hora de amor.

Sem ressalvas

O Tribunal de Contas da União (TCU) julgou regulares as contas do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, exercício de 2007, dando plena quitação ao desembargador Honildo Amaral de Mello Castro.
Faço o registro porque as contas foram aprovadas sem ressalvas, caso meio raro por aqui.
Honildo Amaral de Mello Castro é mineiro, nascido em Belo Horizonte-MG, formando-se em Direito na Faculdade de Direito de Universidade Federal de Minas Gerais
Exerceu a advocacia militante por muitos anos em todas as áreas de Direito, com especialidade na área de seguros, imobiliária, família, comercial e tributária tanto nas Justiças Estaduais Tribunais Superiores em Brasília-DF.
Por concurso foi nomeado Juiz de Direito em Minas Gerais, ainda por concurso público, nomeado Procurador Fiscal no Estado de Minas Gerais e Juiz de Direito na Justiça do Distrito Federal e Territórios, até janeiro de 1991, quando ocorreu a Constitucional transformação do Ex-Território Federal do Amapá em Estado, ocasião que veio de ser nomeado desembargador.
Eleito à unanimidade, exerceu a presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Amapá de 5 de março de 1993 a 5 de março de 1995, consolidando a instalação da Justiça no Estado, construindo Fóruns nas Comarcas do Interior, criou a Auditória da Justiça Militar, a Casa Militar do TJAP, dentre várias outras realizações.
Tem publicado três livros: “Recurso Especial. A Visão de um Presidente; Coletânea de Estudos Jurídicos: Temas Diversos; e Justiça, Judiciário e Escola de Magistratura”, Editora Bestbook, além de possuir cerca de trinta trabalhos jurídicos publicados em revistas nacionalmente conhecidas como a Revista Forense, Revista dos Tribunais, Ciência Jurídica, etc

sábado, 24 de maio de 2008

Chico por Chico


Sábado é dia de curtir meu amigo Chico Terra (foto) que nos encanta com sua voz e violão.
Ele estará hoje à noite na Casa do Chorinho, a partir das 21h com o show "Chico por Chico", no qual interpreta as mais belas canções de Chico Buarque.
A Casa do Chorinho - já chamada por alguns de "divino antro" - fica no finalzinho da rua Jovino Dinoá.
Ótimo ambiente, atendimento nota 10 e música da melhor qualidade.

sexta-feira, 23 de maio de 2008

Os poetas também fazem rir

Esta eu li numa edição da Revista Rumo de outubro de 1959

O poeta Aluízio Cunha – que era funcionário do gabinete do governador do então Território Federal do Amapá – resolveu após vários anos de cogitação, fazer uma granja no bairro do Laguinho.
Acontece que, logo no dia seguinte ao da inauguração, era sábado e seus colegas de trabalho Conceição e Marinho estavam sem dinheiro, doença que consideram das piores para quem sabe aproveitar a vida.
Marinho então, em nome dos dois, dirigiu o seguinte vale ao Aluízio:

Senhor Aluízio Cunha,
mui digno proprietário
duma granja, no Laguinho!
Está faltando dinheiro
tanto para o Conceição
como para o poeta Marinho.
Achamos, por isso mesmo,
que o senhor, que é criador
e está com a vida folgada,
poderá, perfeitamente,
num gesto nobre e louvável,
nos afastar da enrascada.
Como já disse o ditado,
“se no céu vale quem presta,
na terra vale quem tem”.
Mostre então o seu valor,
não nos deixe sem cerveja,
pois sede mata também.

Boa tarde!

MEU DESTINO
Cora Coralina

Nas palmas de tuas mãos
leio as linhas da minha vida.
Linhas cruzadas, sinuosas,
interferindo no teu destino.
Não te procurei, não me procurastes –
íamos sozinhos por estradas diferentes.
Indiferentes cruzamos.
Passavas com o fardo da vida...
corri ao teu encontro.
Sorri. Falamos.
Esse dia foi marcado
com a pedra branca
da cabeça de um peixe.
E, desde então, caminhamos
juntos pela vida...

quarta-feira, 21 de maio de 2008

Dengue hemorrágica em Macapá

Criança de seis anos está com dengue hemorrágica. Enquanto isso um estudande da UVA registra ocorrência policial contra mim por causa da campanha contra a dengue que faço aqui no blog

Ninguém fala nada. Mas os casos de dengue começam a explodir na cidade. Só ontem fiquei sabendo de três, um deles de dengue hemorrágica.
Uma amiga minha, que mora no Cabralzinho, está com dengue. Outra, que mora no Centro, me contou que sua empregada doméstica está com dengue. Mas o que mais me abalou foi saber que uma garotinha linda, de seis anos de idade, neta de uma amiga minha está com dengue hemorrágica.

Ontem à tardinha, caminhando pela rua Hamilton Silva, me chamou atenção a quantidade enorme de copos descartáveis, garrafas pets, tampinhas de refrigerantes, latinhas, embalagens de biscoito e tudo o mais que se possa imaginar na frente do Mini Box Miranda, que fica na esquina da Hamilton Silva com a avenida Almirante Barroso. É muito lixo espalhado pela calçada, pelo meio-fio, acostamento, beira da rua.
Resolvi entrar para falar com o dono do Mini Box. Ele não estava. Conversei com o balconista. Falei sobre o risco que aquela lixarada toda representa para a saúde dos moradores do bairro e de quem passa por lá. E vejam só o que ele me respondeu:

- São os universitários que vem beber e lanchar aqui que jogam tudo aí.
- Por que você não pede a eles que joguem o lixo no lixo? Perguntei
- A gente não fala nada porque isso vai da consciência deles. Se eles não têm consciência a gente não pode fazer nada.
- Pode sim – disse-lhe. Já que vocês não querem falar nada poderiam recolher o lixo na hora de fechar o Mini Box, né não?
- Nós não temos tempo pra isso.

Me despedi dizendo que eu é que não vou pegar dengue só porque uns não têm consciência e outros não têm tempo. Vou denunciar o tal Mini Box pela segunda vez à Vigilância Sanitária. A primeira denúncia que fiz foi há cerca de dois meses, inclusive coloquei fotos desse Mini Box aqui no blog.

Os universitários aos quais o balconista se referiu são estudantes da UVA (Universidade Vale do Acaraú) que fica a poucos metros de lá.

Saí de lá pensando na garotinha que está com dengue hemorrágica e no estudante da UVA que procurou uma delegacia de polícia e registrou uma ocorrência contra mim porque há cerca de dois meses eu disse aqui neste blog que estudantes da UVA emporcalham a cidade jogando descartáveis nas calçadas do tal Mini Box e de lanchonetes que ficam pertinho da UVA.


Será que o tempo que esse estudante gastou numa delegacia registrando uma ocorrência policial contra mim fosse empregado por ele para conscientizar seus colegas porcalhões, essa garotinha estaria com dengue hemorrágica?

Será que se em vez de defender os porcalhões – o que é um estímulo para que mais e mais gente jogue descartáveis nas ruas e calçadas – ele fizesse um trabalho de conscientização essa menininha estaria com dengue?

Será que não dói nenhum pouquinho a consciência desse rapaz sabendo que uma criança está sofrendo, chorando de dor, sangrando pela boca, nariz e outras partes do corpo, enquanto ele defende os responsáveis por todo esse sofrimento?

Tá no sítio da USP

Terapia com Johrei é eficaz no tratamento da dor torácica

Estudo inédito do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) e da Universidade do Arizona (Estados Unidos), aponta que o Johrei - técnica milenar praticada na medicina oriental - pode ser a esperança para pacientes que sentem fortes dores no peito, mas não apresentam nenhuma doença que justifique as queixas de dor. De acordo com o estudo, a terapia alternativa mostrou-se eficaz em 90% dos casos avaliados.

A pesquisa envolveu 40 pacientes com dores torácica não cardíaca, com idade entre 50 e 75 anos. A descoberta resultará em premiação do médico do HC, Tomás Navarro Rodrigues, em Congresso Americano de Gastroenterologia que acontecerá no próximo dia 20 de maio, nos Estados Unidos. Navarro receberá prêmio do mais jovem investigador científico.

Para o trabalho, os estudiosos dividiram os pacientes em dois grupos. Um recebeu três seções de Johrei por semana, de 30 minutos cada uma, num total de 18 seções. O outro grupo foi medicado com terapia utilizada atualmente para o combate da dor. Os casos tratados com a terapia milenar apresentaram 90% de melhoras do quadro clínico, enquanto que os casos tratados com medicamentos apenas 40%.

Possíveis causas
A dor torácica é a segunda causa mais comum de dor na região do peito, após a dor cardíaca. Ela acomete 30% da população que procura o Pronto-Socorro do HC devido a dores torácicas e que os exames cardiológicos evidenciaram-se normais, com idade entre 50 e 75 anos. A hipersensibilidade da função esofágica associada às contrações involuntárias musculares ao longo do esôfago são as possíveis causas responsáveis pela patologia.

No HC o atendimento é de 50 pacientes, em média mensal. Geralmente eles são encaminhados por cardiologistas para a investigação da dor peitoral, cujo tratamento, até então, era um grande desafio. "A simples exclusão de doença cardíaca não elimina a dor ou tranqüiliza o paciente que, mesmo possuindo excelente prognóstico, continua a apresentar intenso comprometimento da qualidade de vida", argumenta o médico.

Para o gastroenterologista, as evidências da pesquisa abrem perspectivas para uma nova abordagem terapêutica. Também adiantou que o Johrei poderá ser adotado futuramente pela Clínica de Gastroenterologia do HC pelos resultados apresentados.

O Johrei é uma técnica de tratamento japonesa que, segundo os adeptos, amplia a força de recuperação natural do homem. As ondas de energia são canalizadas a partir da Energia Cósmica Superior e podem ser transmitidas por qualquer pessoa adequadamente preparada. A aplicação da técnica é feita pela imposição das mãos e a purificação ocorre de forma gradativa.

(Com informações da Assessoria de Imprensa do Instituto Central do HC)
Mais informações: (0XX11) 3069-7879


O Johrei é ministrado pelos fiéis da Igreja Messiânica Mundial.
Em Macapá, um dos Johrei Centers da Igreja Messiânica fica localizado na avenida Almirante Barroso 894, entre as ruas Hamiltom Silva e Manoel Eudóxio. Funciona de segunda a sábado das 7h30 às 21h. O telefone é 3224-1523.

Aneel diz não à proposta de Eike Batista

Da coluna da Miriam Leitão, em O Globo

A Aneel negou hoje um pedido um tanto quanto interessante do empresário Eike Batista. Eike pretendia construir uma termelétrica no Amapá para fornecer energia para si mesmo. Até aí, tudo bem. Mas sua idéia era vender a energia para a companhia estadual com o preço de mercado (mais alto), e recomprar a mesma energia, só que subsidiada, como acontece nos estados do Norte, para usar na sua empresa MMX Amapá Mineração Ltda. Ou seja, ele iria usar os incentivos para ganhar dinheiro também na transação energética. Ah, um detalhe: quem paga esse subsídio são todos os consumidores do sistema interligado nacional.

Eike poderá, sim, construir a termelétrica, mas não poderá fazer essa triangulação proveitosa para ele, segundo decisão da Aneel.

Numa entrevista recente que fiz com ele, Eike defendeu sua proposta como legítima. Disse que teria direito ao subsídio porque toda a energia é subsidiada lá, e ele, como todo mundo, tem direito a comprar a energia subsidiada. O que complicou o caso foi que ele queria vender a sua energia para a estatal estadual por algo como 600 o MWH e recomprar por um terço do preço. Quando a proposta chegou à Aneel foi recebida com perplexidade, mas agora a agência decidiu simplesmente negar o pedido da MMX.

Este show é imperdível

Para comemorar os 50 anos da Bossa Nova e o sucesso da turnê internacional que abrangeu Américas do Sul e Norte e vários países da Europa no ano passado, a cantora espanhola Montserrat volta ao Brasil e vem pela primeira vez aos palcos do norte com o espetáculo “Boleros com Bossa”, fazendo uma tour por 13 capitais, entre as quais Macapá.
Aqui, Montserrat se apresenta no Teatro das Bacabeiras, no próximo dia 27, às 21h.
Com direção e arranjos de Roberto Menescal e concepção de Miéle, em 2007 Montserrat apresentou o espetáculo por todas as capitais do nordeste, onde foi calorosamente recebida. “Na turnê do ano passado, fui recebida com enorme carinho pelo público, por isso, nada mais justo do que voltar nos palcos brasileiros, no aniversário da Bossa Nova e com o sucesso da temporada no exterior”, diz Montserrat – que já foi aplaudida por milhares de pessoas nas mais de cem apresentações entre Brasil, Argentina, Uruguai, México, USA e vários países europeus. Nesta temporada, que se estenderá a Buenos Aires, Montevidéo, Assunção, Lima e Santiago, a novidade no repertório é a canção “O Palco da minha Vida”, especialmente composta por Menescal para Montserrat.

A idéia deste projeto surgiu quando o maestro Roberto Menescal ouviu Montserrat cantar Insensatez, de Tom Jobim, e adorou. “Há muito tempo procurava uma voz feminina marcante e autêntica para gravar clássicos do bolero com arranjos de Bossa Nova. Meu encontro com Montserrat é completo”, comemora Menescal, que assina os arranjos e acompanha Montserrat em todas as faixas no CD homônimo em segundo lugar na categoria Jazz e entre os mais vendidos no México. Ao executar clássicos do bolero com a levada da Bossa Nova, o resultado é a diminuição da dramaticidade das músicas. “Há menos dor e mais swing”, resume o produtor Sergio Scol.

Boleros com Bossa já rodou o Brasil, a América do Sul, México, Europa, USA e, este ano, seguirá para a Ásia com shows já agendados no Japão, Singapura, China e Vietnã. Acompanhada por Sérgio Bello no baixo, Fabio Canela na bateria, Julian Tirado no violão e Pedro Cunha no teclado e acordeão. No repertório, mantém alguns hits de Añoranza, o CD anterior, como Años, gravada com o cubano Pablo Milanes, e Gracias a La Vida, e outras 12 músicas do CD, entre elas Besame Mucho, Contigo en la Distancia, La Mentira, Tu me Acostumbraste e Esta Tarde vi Llover, além de El Reloj, Sabor a Mi, No me Platiques Mas, Contigo Aprendi, Tu mi Delírio, La Puerta, Verdad
Amarga. “Ela é o bolero e eu sou a Bossa Nova, não poderia haver parceria mais legítima”, sintetiza Menescal.

Ficha Técnica:
Montserrat Perdomo (Vocal)
Fabio Canella (bateria)
Sergio Bello (conta baixo)
Pedro Cunha (Piano e acordeon)
Julian Tirado (violão / guitarra)

Serviço:
Show de Montserrat e Banda: Boleros com Bossa
Dia 27 de maio de 2008
Local TEATRO DAS BACABEIRAS
Hora: 21h
Ingressos: à venda na Bilheteria do Teatro
Valor: R$ 30,00 Inteira e R$15,00 Meia

Diocese de Macapá prepara solenidade de Corpus Christi

Por Oscar Filho, da Pastoral da Comunicação
Eucaristia, Pão da Vida, Alimento na Missão, é o tema da solenidade de Corpus Christi em Macapá, dia 22, quinta-feira, feriado nacional. A programação inicia às 16 horas, com a concentração e Santa Missa, na Catedral de São José, presidida por Dom Pedro José Conti, bispo diocesano. Em seguida, a procissão do Corpo de Cristo, passando pela rua General Rondon até a Igreja de São Benedito, no bairro do Laguinho.

As três paróquias de Santana também preparam a celebração, com início marcado para as 16 horas, na Igreja Nossa Senhora de Fátima e Santa Ana, em frente a praça Cívica da cidade. Após a Missa Solene sairá a procissão de Corpus Christi, seguindo até a Igreja de São Pio, no bairro Fonte Nova, com a benção do Santíssimo Sacramento, no encerramento das homenagens a Jesus Vivo na Eucaristia.

Em Macapá, há vários meses, a coordenação da festa, tendo a frente o padre Castrese, com as diversas equipes envolvidas, prepara a celebração. Cada vicariato, ou seja, um grupo de paróquias de uma determinada área; pastorais e movimentos devem apresentar bandeiras coloridas. São Benedito, Nossa Senhora do Rosário e Nossa Senhora de Nazaré: laranjada; Jesus de Nazaré, Nossa Senhora de Fátima, Pia Marta: azul claro; paróquias Bom Pastor, Sagrado Coração de Jesus, Bom Samaritano: Branco; São José, Nossa Senhora da Conceição, São Pedro: verde; Pastorais: amarelo e os movimentos: vermelho.

Ao longo do percurso da procissão haverá o tradicional tapete, com dois metros de largura, no qual passará o Santíssimo Sacramento. A ornamentação foi confiada às paróquias São José, Nossa Senhora da Conceição, Jesus de Nazaré, além da Pastoral da Juventude, Colégio Amapaense e os moradores da rua General Rondon, que ficará fechada ao trânsito a partir das 08:30 da manhã do dia 22 de maio.(Oscar Filho – Pastoral da Comunicação)

terça-feira, 20 de maio de 2008

Isso aí é o que restou de um bebedouro do Parque do Forte, um dos lugares mais bonitos de Macapá.
Destruído pelos vândalos, o bebedouro virou lixeira e foco do mosquito da dengue.
Eu só queria saber por que não tem policiamento no Parque do Forte.
Cadê a guarda municipal e as empresas de vigilância contratadas pelo Poder Público?

PF prende mais três traficantes

A Polícia Federal prendeu ontem três traficantes no barco Quirino Neto, no Porto do Grego, em Santana (AP) que traziam de Santarém (PA) para Macapá 3,9kg de pasta de cocaína.
De acordo com a assessoria de comunicação da PF, os policiais federais chegaram ao porto do grego em Santana/AP por volta das 6h da manhã. O barco Quirino Neto já havia atracado, quando avistaram uma mulher descendo rapidamente da embarcação carregando duas sacolas. Pela atitude suspeita da cidadã, aparentando nervosismo, os policiais fizeram a abordagem e pediram que M F. S. Farias, de 31 anos, abrisse as valises. Em uma delas havia 2 pacotes com 1 Kg cada um de pasta-base de cocaína. M.F.S.Farias foi presa em flagrante.


A fiscalização continuou, e os agentes federais, juntamente com policiais
do BOPE , perceberam que J. L R. Monteiro, vulgo “Toddy”, 27 anos, tentava sair do barco sem ser visto. Muito nervoso, “Toddy” foi abordado e disse não ter nenhuma mala. No entanto, seu nome foi enviado imediatamente à central da PF em Macapá que confirmou haver um mandado de prisão em aberto contra “Toddy”, que foi logo preso em cumprimento ao mandado de prisão.
Os passageiros do barco disseram que “Toddy” vinha conversando toda a viagem com uma senhora, que foi logo apontada por um dos tripulantes: E. N. Silveira, 27 anos.
Na bolsa que E. N. Silveira trazia havia 1,8 Kg de pasta-base de cocaína.
E. N. Silveira, comparsa de “Toddy”, também foi presa em flagrante.

segunda-feira, 19 de maio de 2008

Extra! Extra!

Tem alguma coisa no ar que não é avião de carreira.

Macapá tem...

Barquinho deslizando à tardinha na imensidão do rio Amazonas bem na frente da cidade

Droga na cueca

A Polícia Federal prendeu, na madrugada de sábado no aeroporto internacional de Macapá, o traficante de drogas sintéticas Jeorge Nilson. Ele trazia na cueca 200 comprimidos de ecstasy.
Esta é a segunda vez que Jeorge é preso por tráfico. A primeira foi em março do ano passado quando o Ministério Público Estadual e a Polícia Federal deflagraram a Operação 42 Graus para desmontar uma quadrilha de traficantes de ecstasy.
Jeorge foi apontado como o principal fornecedor da droga para Macapá. Foi preso. Mas dois meses depois, por determinação da Justiça foi solto para responder o processo em liberdade.
Livre, leve e solto, Jeorge continua traficando.

Cuecas - Vocês já perceberam, né, que de uns tempos pra cá cueca não serve apenas para guardar pinto. A petezada escondia dólares na cueca, um passarinheiro transportava curiós dentro da cueca de Macapá para Belém e os traficantes usam a cueca para esconder a droga.

PF apreende madeira e máquinas no Tucano II

Numa operação rotineira de fiscalização do Ibama em conjunto com a Polícia Federal, foram apreendidos no final de semana ,máquinas, tratores, caminhões e madeiras em toras e serradas na localidade de Tucano II, no município de Serra do Navio (AP).
A PF informou que durante a fiscalização, foi encontrado na retaguarda da serraria um ramal com acesso a uma área de selva, onde maquinários extraíam toras em grandes quantidades e dimensões, sem cobertura de documentação exigida pelos órgãos de fiscalização e combate aos crimes ambientais no Estado.
O saldo da operação foi o fechamento da serraria e a apreensão de três tratores, uma carreta para transporte de madeiras com faixa de auto-escola, uma motoserra, 136 metros cúbicos de madeira serrada e 335 metros cúbicos de madeira em toras.
A apreensão foi avaliada em aproximadamente R$ 1.745.000,00.

Boa notícia!

"Se a prece for correta, Deus não deixará de atendê-la"
(Meishu-Sama)
Nossa amiga Hanne se recupera muito bem da cirurgia que fez em Belém e nos próximos seguirá para São Paulo, a fim de fazer tratamento em centro especializado.
A recuperação da Hanne surpreendeu os médicos. Isso é resultado também das correntes de orações feitas diariamente pela saúde dela. Estamos todos felizes, mas precisamos intensificar e fortalecer ainda mais nossas correntes de oração para que tudo corra bem em São Paulo, que Hanne vença esta batalha e logo esteja entre nós com seu sorriso aberto, franco e lindo.
Não deixe de participar da corrente de oração todos os dias às 18h na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá (Av. Almirante Barroso entre Leopoldo Machado e Hamilton Silva).

Gitas e gitinhas...

Que vergonha!
O Amapá está entre os oito estados que não possuem uma coordenação para nortear ações de combate e controle de infecção hospitalar.

Falando nisso...
Uma amiga me contou que ficou horrorizada quando foi visitar sua irmã na Maternidade Mãe Luzia. Segundo ela, lençóis sujos de sangue ficam jogados no chão da enfermaria durante horas e ratos passeiam tanto na enfermaria como nos corredores.

Assim não dá
É raro o dia que não acontece pelo menos um acidente de trânsito no cruzamento da rua Hamilton Silva com a Almirante Barroso. Ou se coloca ali um semáforo ou se transforma a Hamilton Silva em mão única. Do jeito que está não dá pra continuar. O asfalto naquele cruzamento já está vermelho de tanto sangue.

Cuidado!
Os médicos avisam que misturar energético com bebida alcoólica dá taquicardia e pode ser fatal.
Em Macapá a bebida preferida da maioria dos jovens que freqüentam as mais badaladas boates é a mistura do famoso red bull com whisky.

E agora, Edinho?
O PMDB lançou oficialmente sábado a pré-candidatura da deputada federal Fátima Pelaes à prefeitura de Macapá.
E agora, o que fará o deputado estadual Edinho Duarte?
Edinho – que é do PMDB – apóia o colega deputado Roberto Góes (PDT) e recentemente cobrou uma posição do governador Waldez Góes (PDT), ressaltando que ele, o governador, cometeria infidelidade partidária se não apoiasse Roberto.
E Edinho comete o que se não apoiar Fátima?

Eu hein!
O Partido Progressista (PP) fez uma grande e barulhenta festa sábado para lançar a pré-candidatura do ex-deputado federal Benedito Dias a prefeito de Macapá. Até o presidente nacional do PP, Francisco Dorneles, participou da festa.
Benedito Dias é um dos nomes que aparece com destaque na relação dos Sanguessugas – aquela turma acusada de afanar milhões da saúde. No dia 12 de fevereiro do ano passado, Bené foi indiciado pela Polícia Federal por envolvimento com o esquema montado para compras superfaturadas de ambulâncias com recursos da União.


GITINHAS
Ministro José Gomes Temporão, da Saúde, estará em Macapá no próximo dia 27. Vem anunciar investimentos no setor. Tomara que desta vez não afanem a grana./// O tucano Jorge Amanajás foi eleito pela terceira vez consecutiva presidente da Assembléia Legislativa do Amapá. A eleição foi semana passada, mas a posse da nova Mesa só será em fevereiro de 2009. Não entendi pra que tanta pressa./// Longe dos holofotes, Lucas Barreto (PTB), pré-candidato a prefeito, segue conversando com líderes comunitários./// Tem boate driblando a polícia e descumprindo a lei que proíbe o funcionamento depois das quatro horas da madruga. A boate fecha as portas, baixa o som mas a festa e a bebedeira continuam lá dentro. A polícia passa vê tudo fechado e segue em frente./// O Brasil é o quinto país do mundo em venda de computadores. O povo brasileiro está entre os que mais acessam a Internet.///3213-1073. Esse é o número do Disk-Dengue em Macapá. Anote aí pra denunciar os porcalhões que fazem criadouros do mosquito da dengue.///O Corpo de Bombeiros precisa dar um batida nos mercantis e biroscas que comercializam gás de cozinha. Em muitos desses lugares o armazenamento é inapropriado e falta extintor de incêndio./// Partido que tem pudor político escolhe candidato que tem currículo e não folha corrida.///Escritor Gilberto Pinheiro - que também é desembargador - promete para este ano seu segundo romance: "O cabôco". Em 1996 lançou "O Tatu". ///E o poeta Osvaldo Simões anuncia o lançamento de mais um livro de poesia no segundo semestre./// Rostan Martins garante que tão logo termine o doutorado que está fazendo em São Paulo lança seu tão esperado livro de hai-cai./// No final deste mês estarei participando da Mostra Cultural do colégio Seama.///E na faculdade Seama farei uma palestra para os alunos do curso de pós-graduação em Comunicação e Política.///Reitor José Carlos Tavares afirma, com muita convicção, que em 2010 será implantado o curso de jornalismo na Universidade Federal do Amapá.///Volnei Oliveira, presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá, viajou sábado para Belém para visitar nossa amiga Hanne e levar a ela o carinho de toda a categoria. Volta hoje trazendo boas notícias e convidando todos os colegas para a corrente de oração às 18h na sede do Sindicato.///Márcia Corrêa - que está em Belém há uma semana dando apoio pra Hanne - volta hoje e a partir de amanhã já estará no "Café com Notícias", o programa jornalístico que apresenta com Ana Girlene das 7h às 8h30 na rádio Equatorial.///Volto mais tarde.

Xô, dengue!

Isso aí é a calçada lateral da escola Gabriel de Almeida Café (antigo CCA) bem no centro de Macapá. Pertinho da Assembléia Legislativa e do Hospital da Criança. Aí os mosquitos da dengue, ratos e baratas fazem a festa.
A foto é do blog Idéias de Jeca-Tatu, do professor universitário Ivan Carlo.

sábado, 17 de maio de 2008

Do meu jardim para alegrar teu sábado

Tráfico de drogas

Departamento de Comunicação Social da Polícia Federal-AP
Droga de última geração é apreendida pela PF no aeroporto de Macapá

Por volta das 15h de ontem (16/5), policiais da Delegacia de Repressão a Entorpecentes, após recebimento de denúncia anônima, dirigiram-se ao aeroporto internacional de Macapá/AP e abordaram os passageiros do vôo oriundo de Belém/PA. Na posse de J.B, 33 anos, os policiais encontraram 15 vidros lacrados contendo 10 ml de um poderoso analgésico de uso estritamente veterinário, além de R$ 2.100,00 em espécie.
Após uma longa entrevista com J.B, os policiais descobriram tratar-se de uma novíssima e pouco conhecida droga. Batizada de “SPECIAL K” ou vitamina k, a substância - de exclusivo uso animal - tem um efeito devastador quando consumida pelo ser humano. A droga é obtida por meio de refino da substância cloridrato de ketamina, encontrada em alguns medicamentos anestésicos veterinários, como o Dopalen, Cetamim, Vetanarcol e Anesket. Para se ter uma idéia do seu efeito, a mente do usuário do “SPECIAL K” não percebe mais a matéria física e começa a funcionar como se o corpo não existisse. Ou seja, o consumidor experimenta uma sensação de quase-morte. O problema é que essa viagem pode não ter volta.

Assim como o ecstasy e o ácido lisérgico (LSD), a ketamina migrou dos consultórios para o terreno ilícito das ruas, e entrou agressivamente em festas raves e casas noturnas das grandes cidades, como São Paulo/SP e Brasília/DF. O anestésico líquido passa por um processo de refino até se transformar no pó conhecido como Special K.

A substância, aspirada, dissolvida em bebidas alcoólicas ou misturada a
cigarros e à maconha, traz uma sensação de relaxamento. A ketamina é comercializada em forma de pó, líquido ou em drágeas e é usada em cirurgias de várias espécies animais, como cavalos, bois, cães e animais silvestres. Mesmo em mamíferos de grande porte, a dose deve ser calculada milimetricamente, para não causar morte súbita. "A reação no animal é a perda de consciência. No ser humano, ela pode causar desde sintomas alucinatórios até a morte", afirmam os veterinários.

A substância causa dependência física e psicológica em pouco tempo, além de nervosismo, problemas respiratórios, ataque de pânico, depressão, convulsões, taquicardia e morte. Os efeitos começam a surgir dois minutos após o consumo.

A facilidade com que os jovens adquirem o medicamento usado como entorpecente impressiona especialistas e a própria Polícia Federal. O fato de a droga não constar na lista da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como entorpecente facilita o tráfico e o consumo.

Após ser ouvido, J.B. foi liberado em seguida, a substância foi retida e enviada para o Instituto Nacional de Criminalística em Brasília/DF, onde passará por análises e perícias a fim de definir qual a substância e composição do líquido encontrado. O dinheiro também foi arrecado e ficará sob a custódia da PF até que J.B comprove a origem do mesmo.

Os policiais desconfiam que J.B trazia esse anestésico para revender em Macapá/AP, pois, conforme depoimento prestador por ele na Superintendência da Polícia Federal, J.B não trazia cartão de crédito, nem cheque ou qualquer outro meio de pagamento que não fosse o dinheiro e, além disso, a quantidade de frascos encontrados era muito grande para uma só pessoa consumir, visto o poder devastador da substância ketamina.

Os policiais federais identificaram a loja de produtos veterinários onde J.B comprou o analgésico, imediatamente repassaram o nome e endereço da loja para a ANVISA em Belém/PA. A loja responsável poderá responder por infrações administrativas e até ser fechada.
J.B. poderá responder por contrabando, descaminho e, dependendo do laudo pericial, até por tráfico de drogas e associação.

sexta-feira, 16 de maio de 2008

Macapá tem...

O rio Amazonas passando na frente da cidade. Completando a beleza
um pássaro canta para o majestoso rio

Agende-se

Para comemorar os 50 anos da Bossa Nova e o sucesso da turnê internacional que abrangeu Américas do Sul e Norte e vários países da Europa no ano passado, a cantora espanhola Montserrat volta aos palcos brasileiros e vem pela primeira vez ao Amapá com o espetáculo “Boleros com Bossa”, para uma única apresentação no dia 27 de maio no Teatro das Bacabeiras.
É um show imperdível!

Corrente de oração pela Hanne

"A oração é o tesouro do ser humano, o poder absoluto..."
(Nidai-Sama)
Todos os dias, às 18h na sede do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá (Sindjor) amigos e jornalistas de várias religiões (católicos, carismáticos, evangélicos,messiânicos...) reunem-se numa grande corrente de oração pela saúde da confreira Hanne Capiberibe.
Esta corrente está cada dia mais forte e maior. Participe também. A sede do Sindjor fica na avenida Almirante Barroso entre as ruas Leopoldo Machado e Hamilton Silva.

quinta-feira, 15 de maio de 2008

Empresário Carlos Montenegro já está preso

Acusado de matar a modelo amapaense Patrícia Melo, o empresário do ramo de segurança Carlos Montenegro foi preso ontem à noite em Macapá.
Com a prisão preventiva decretada, o empresário se escondeu, mas à noite resolveu se entregar.
O crime aconteceu em Brasília, no dia 7 de janeiro de 2005. A modelo, que era ex-funcionária da empresa de Montenegro, viajou com ele para Brasília e lá foi jogada do 14 andar do hotel Gran Bittar.
O delegado encarregado do caso em Brasília veio efetuar a prisão do acusado em Macapá e contou para isso com o apoio da Polícia Federal. Logo mais, às 10h, ele concede entrevista coletiva.

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Olha ele aí de novo

Sarney processa jornal no Maranhão

Sarney x Jornal Pequeno - Golias contra Davi
Por Chico Bruno, em seu blog

O senador, ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP) ingressou na Justiça de Brasília com uma ação por danos morais contra o Jornal Pequeno, de São Luiz, pedindo uma indenização no valor de R$ 220 mil, através de dois advogados inscritos na OAB do Piauí – Marcus Vinicius Furtado Coelho e Flávio Aurélio Nogueira Júnior, alegando que o jornal publicou e divulgou por meio de material impresso e internet matérias cujo objetivo é a difamação, a injúria e a calúnia.
O senador José Sarney, que vive se insurgindo contra o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, em nome das liberdades democráticas é um santo de pau-oco. Até pouco tempo, ele se gabava de nunca ter acionado na Justiça um jornalista sequer.
Mas, desde a eleição de 2006, quando por pouco não se reelegeu senador pelo Amapá e viu sua filha derrotada no Maranhão, o “buana” Sarney processa jornalistas e veículos de comunicação que não rezam pela sua cartilha.
Portanto, a ação contra o Jornal Pequeno não é novidade. Sarney está mal acostumado, haja vista, que conseguiu que o TRE do Amapá condenasse todos os que o criticaram durante as eleições de 2006 com o pagamento de pesadas multas por danos morais.
Até quem repercutiu um artigo de minha lavra “Depois de 16 anos de mandato, Sarney não conhece o Amapá" foi condenado, como é o caso dos jornalistas amapaenses Humberto Moreira e Domiciano Gomes.
Na campanha eleitoral de 2006, o “buana” Sarney mobilizou a Justiça para censurar todos os blogs do Amapá que divulgaram o movimento “Xô Sarney”, fruto de uma charge de autoria do artista plástico Ronaldo Roni. Por exemplo, os jornalistas Alcinéa Cavalcante e Corrêa Neto, nem que vendam todo o patrimônio, conseguirão pagar o que a Justiça determinou.
Pelo que sempre fez no Maranhão e em 2006 no Amapá o “buana” demonstra que é um lobo travestido em pele de cordeiro. Sarney nunca foi o democrata que tenta fazer crer fora do Maranhão e do Amapá.
Na ação contra o Jornal Pequeno, os advogados de Sarney tentam provar que todas as matérias publicadas têm o intuito de “destruir uma reputação criada por anos de sofrimento e construir uma imagem denegrida e fora da conjuntura de um homem político, sério e que sempre buscou ajudar o povo brasileiro e principalmente seus conterrâneos maranhenses”. Os advogados alegam ainda que, no dia 3 de abril, na coluna Atos, Fatos & Baratos, com o título de “A prostituta das provas”, o jornal tenta impor a idéia de fracasso e desespero, não só ao senador, mas a toda a sua família, “relatando também fatos inverídicos sobre seus filhos”.
O estranho é que somente agora, quando sua família foi apeada do poder no Maranhão, o senador Sarney se insurja contra o Jornal Pequeno.
Afinal, durante os anos em que a família Sarney esteve no poder o Jornal Pequeno sempre denunciou os mal feitos do grupo e nunca Sarney se importou.
A explicação é fácil, tão fácil como tirar pirulito da boca de menino:
No poder ele estaria massacrando um pequeno adversário, o que mancharia a biografia de democrata que ele “vende” ao país.
Agora, fora do poder, ele não tem nada a perder, muito pelo contrário, só tem a ganhar com a mordaça que pretende impor a um dos poucos veículos de comunicação do Maranhão que sempre ousou enfrentá-lo, haja vista, que os demais pertencem a sua família.

terça-feira, 13 de maio de 2008

Na Fama

O professor doutor José Carlos Petorossi Imparato ministra hoje e amanhã em Macapá cursos para os acadêmicos de Odontologia da faculdade Fama.
Ele aproveita e lança a Campanha “Dentes: é legal doar”, hoje à noite no auditório da Fama. e amanhã, a partir das 19h, estará autografando seu livro Mínina Intervenção.

(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Causos da política

Aconteceu em agosto de 1998
Toca o celular do deputado estadual Lucas Barreto, candidato à reeleição.
- Alô!
- Alô! Qual é o número aí?
- 41 123. É só digitar e confirmar
- Eu nem sou eleitor, o que eu quero saber é o número do celular.
- Ahhhhhh

(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Chuvas fecham ferrovia no Amapá

As fortes chuvas que têm caído sobre o Estado do Amapá, nos últimos dias, provocaram a interrupção da estrada de ferro no trecho que liga o município de Santana ao de Serra do Navio. Informações da empresa MMX, concessionária da ferrovia, esclarecem que as chuvas provocaram a inundação dos trilhos a altura do quilômetro 166 da estrada de ferro – Estação do Cachorrinho, localizado no município de Pedra Branca do Amapari, impedindo a passagem do trem e, dessa forma, interrompendo o tráfego ferroviário.
Equipes de manutenção já estão no local, aguardando o nível da água baixar para dar inicio aos trabalhos de recuperação dos trilhos e bueiros para restabelecer a segurança da linha.
O transporte de cargas e passageiros só será restabelecido na próxima segunda-feira, 19.

(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Gitas e gitinhas

Mais armas para a PM
O comandante da Polícia Militar do Paraná, em entrevista ao jornal Gazeta do Povo, disse que o governo do Paraná está doando armas para outros estados, entre os quais o Amapá.
Segundo o comandante, serão doados seis mil revólveres calibres 38 para os estados de Alagoas, Sergipe e Amapá.

Procon fecha supermercado Yamada
Quem diria que um supermercado como o Yamada poderia ser uma ameaça à saúde do consumidor?
Pois é. O Yamada estava vendendo alimentos, como queijos e iogurtes, com prazo de validade vencido. Por causa disso foi fechado pelo Procon durante cinco horas na última sexta-feira.
Foi pouco. A punição foi muito pequena para o tamanho do risco que correm as pessoas que consomem produtos vencidos.
Imagine o que pode acontecer com uma criancinha que tome um iogurte impróprio para consumo. Há alguns anos eu soube de um caso aqui em Macapá de uma criança que contraiu uma infecção e morreu porque tomou um iogurte com prazo de validade vencido.

Cozinhas imundas
E já que o assunto é este, que tal a Vigilância Sanitária dar uma batida em restaurantes e pizzarias de Macapá? Ontem um amigo me disse que a cozinha de uma famosa pizzaria é a maior imundície, restos de alimentos espalhados pelo balcão, pias entupidas e ninguém trabalha com luvas, toucas e máscaras.

Esgoto
Dados da Fundação Getúlio Vargas confirmam: o Amapá é o estado com menor índice de esgoto tratado: apenas 1,42%. É de arrepiar!

Quando? quando?
Alguém aí sabe informar quando será concluída a restauração do prédio onde funcionou a Intendência que começou há mais de dez anos?

Alô, alô polícia!
Vários bares e boates continuam funcionando até de manhã, tanto no centro como na periferia. Esses gananciosos empresários da noite não tem jeito mesmo. Foi só a Polícia afrouxar um pouquinho que eles voltaram a descumprir a lei que proíbe o funcionamento após às quatro horas da madrugada. Ô gente!

Sei não...
Mas essa história do Governo do Estado repassar dinheiro para a Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos pagar os programas de rádio e televisão que fazem a cobertura do campeonato amapaense de futebol ainda vai dar muito o que falar.

Tô avisando
A deputada federal Fátima Pelaes que se cuide. Dentro do seu partido, o PMDB, tem muita gente querendo impedir a candidatura dela à Prefeitura de Macapá.

Será?
Meu amigo Carlos Lobato, cartola azulino, jura que até 2011 o Esporte Clube Macapá será o maior clube da região Norte. Anotei e guardei numa caixinha, onde coloquei uma placa com a frase: "Para ser aberta em 2011 na presença do Lobato".

(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Orando pela Hanne

Inúmeros amigos e jornalistas, de várias religiões, estiveram reunidos ontem no Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá, numa forte, emocionante e linda corrente de oração por Hanne Capiberibe que passa por sério problema de saúde.
Hanne foi operada sábado em Belém, ontem deixou a U.T.I. e nos próximos dias deve ser encaminhada para um centro especializado para continuar o tratamento.
Pessoa muito querida, alegre, solidária e muito companheira, Hanne é vice-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amapá.
Hoje, às 18 horas, mais uma corrente de oração por ela será feita no Sindicato (Av. Almirante Barroso entre Leopoldo Machado e Hamilton Silva)

(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Presidente da Câmara de Amapá é afastado

O Ministério Público Estadual moveu ação de improbidade administrativa contra o presidente da Câmara Municipal de Amapá, Ney Giovanni da Costa e Silva, que contratou a mulher e mais uma pá de parentes para prestarem serviços à Câmara, fez um festival de diárias e contratos irregulares de prestação de serviço.
Resultado: Ney Giovanni foi afastado, liminarmente, do cargo. Ele tenta derrubar a liminar. Tomara que não consiga.


(Lembre-se que este blog agora é atualizado várias vezes por dia)

Talento amapaense

A amapaense Juliele canta divinamente bem, tanto isso é verdade que seu CD de estréia, lançado no final do ano passado, foi indicado para o prêmio Petrobrás, um dos mais importantes do país para novos talentos.

O Amapá inteirinho está torcendo por ela, que já encantou platéias no Rio de Janeiro e São Paulo e agora em maio inicia turnê pelos estados da Amazônia.

Artigo

Não basta ser jovem, é preciso participar da política
Por Ricardo Abreu (Alemão)

Em pesquisas recentes do Instituto Cidadania, da Unesco e do Ibase, a maioria dos jovens brasileiros rejeita 'os políticos' e a política 'como ela é'. Ao mesmo tempo, consideram a política imprescindível para a conquista de uma vida melhor, e uma grande parte se dispõe a participar da vida política, como ela deve ser.

A política 'como ela é' aparece escandalosamente na mídia e os jovens são torpedeados com denúncias de corrupção e de todo o tipo de prática oportunista e carreirista. Em contraste, o mais fascinante da política – a luta de idéias e propostas programáticas, a atividade militante e a participação popular – não aparece no noticiário e nas reportagens. O que se destaca é somente o que há de podre no sistema político. Por que será?

A resposta é simples. As classes dominantes, que controlam os principais meios de comunicação, procuram desestimular a participação política do povo, especialmente das jovens e dos jovens, para que a política seja uma atividade dominada por essas mesmas classes, para que continue sendo podre e conservadora. Para isso fazem uma campanha para negá-la, e principalmente a representação parlamentar. Em outras palavras, querem ficar sós cuidando da 'podridão' do poder. E o povo fica de fora, sem mandar nada.

Os magnatas do capitalismo contemporâneo fazem uma falsa campanha ideológica contra o Estado, a política e os 'políticos', enquanto na prática só fortalecem o seu poder e o Estado capitalista e procuram enganar a juventude, afastando-a do único caminho que pode garantir mudanças profundas, justamente o da política.

A juventude tem razão. É preciso dizer não à política 'como ela é', e para fazer isso de fato - e não apenas no discurso – é necessário participar efetivamente da política. Não para conservar a política 'como ela é', e sim para mudá-la radicalmente. As jovens e os jovens precisam fazer outra política, uma política verdadeiramente transformadora, revolucionária.

A política revolucionária, para Karl Marx e Friedrich Engels, deve ser feita para acabar com a política alienada da época do Estado burguês, para emancipar verdadeiramente a humanidade e superar a política da 'pré-história' capitalista. Os fundadores do marxismo defendem não a 'abolição' imediata do Estado (proposta anarquista), o que não seria viável, mas o desaparecimento gradativo do Estado e da política burguesas.

Para Marx e Engels, os trabalhadores precisam fazer política para conquistar o poder político e a partir daí modificar o Estado tornando-o tado socialista. O socialismo é a grande transição histórica do capitalismo para a sociedade comunista.

Ou seja, cria-se uma nova política, verdadeiramente democrática e revolucionária, que supera a política que conhecemos hoje e que é rejeitada, com razão, por nossa sábia juventude.

Há muito a ser feito no aqui e agora. Além de votar em parlamentares de esquerda, as jovens e os jovens precisam participar dos movimentos e das organizações juvenis, da vida partidária de legendas de esquerda e democráticas.

Desta maneira a juventude faz a sua parte para acumularmos forças visando o nosso objetivo estratégico: o socialismo com a cara e o jeito do Brasil.

Ricardo Abreu (Alemão) é secretário de juventude do Comitê Central do PCdoB

domingo, 11 de maio de 2008

QUANDO A ALMA É UMA CANÇÃO
Alcy Araújo

O poeta pensou que fosse fácil falar, fosse fácil escrever, dizer qualquer coisa, neste dia de amor filial. A emoção, porém, interdita o gesto de escrever. As palavras ficam prisioneiras e a alma é uma canção que chora silêncios, neste domingo do mundo.
Penso no olhar de minha mãe rezando. No olhar que me viu pela primeira vez e adivinho um universo de ternura. Ternura que se transmitiu a mim e me fez poeta. Acho que sou poeta porque a sensibilidade de minha mãe assim o desejou.
Tanta coisa para dizer e este poeta sem palavras, com o coração cheio de lágrimas. E a inspiração defronte, doendo como um remorso. O poeta se pergunta se é um bom filho. Se merece amor. E não encontra resposta. É que hoje é dia das mães.
Que pode dizer este poeta, meu Deus, neste domingo? É melhor não dizer nada. É melhor pedir perdão. Bênção, minha mãe... perdoe seu filho.
Depois beijar as mãos enrugadas de mamãe e chorar. Chorar muito, até a alma se purificar com o fogo das lágrimas. Lágrimas caindo no rosto de minha mãe, no beijo de minha mãe, nos cabelos grisalhos de minha mãe.
Mãe que é perdão, súplica, oração, bondade, fé. Mãe onde ainda posso depositar minhas mágoas, meus desencantos, minhas grandes dores, minhas angústias só minhas.
Mãe que me pôs no mundo para a glória de ser poeta, para amar, para sentir as grandezas e as misérias do mundo. Mãe que me fez homem. Que me ensinou a ser bom, até o limite em que um homem pode ser bom. Que me ensinou a ser generoso até onde me permitem as minhas humanas limitações. Que me fez humilde até onde é possível meu orgulho. Enfim, que me fez filho, nada mais que um filho que ainda precisa de carinho porque não encontrou o caminho do retorno.
Minha mãe, acabaram as minhas palavras. Mas o meu amor permanece.


(O poeta, escritor e jornalista Alcy Araújo Cavalcante, meu pai, nasceu em 7 de janeiro de 1924 em Peixe-Boi, no Pará, e morreu em 22 de abril de 1989 em Macapá. Sua mãe, Elvira Araújo Cavalcante, morreu em novembro de 1971 em Macapá)

Do meu jardim para as mães

Escolhi as mais belas rosas do meu jardim para oferecer, com imenso amor, a todas as mães que visitam este blog.
Enquanto escolhia as rosas fiz a Deus uma prece, pedindo a Ele que proteja e ilumine sempre vocês e seus filhos, dando-lhes paz, saúde, amor e muitas alegrias todos os dias e agradeci a Deus a graça de ser mãe, de ter um filho maravilhoso, amigo e companheiro.

Zé Miguel e Zoth

Olha só estes dois grandes músicos: Zé Miguel e meu mano Zoth, que encheram a minha casa de música ontem à tarde. Foi um sábado lindo, verdadeiramente musical.

sábado, 10 de maio de 2008

Para o Dia das Mães

CARTA
Alcy Araújo

Há muito tempo, muito tempo mesmo que não escrevo para você. Não escrevo porque é muito difícil falar de coisas só nossas. Minhas e de você, como, por exemplo, o dia em que fugi de casa para conquistar o mundo e tinha apenas três anos. Também aquela vez que, maravilhado com a descoberta da caixa de fósforos, provoquei o mais belo princípio de incêndio que tenho na memória e que resultou em vigorosas palmadas que impediram que eu escolhesse, no futuro, a espetacular profissão de pirotécnico.
São coisas intimamente nossas, na saudade do que foi, como a escola e os sacrifícios que você fez para que eu fosse o que nunca pude ser o que você queria tanto que eu fosse. Às vezes fico pensando como seria a nossa vida hoje se eu tivesse podido entrar para o seminário de Belém. Quem sabe eu teria a minha paróquia como o padre Jorge? Mas o seminário não foi possível e ficou, até hoje, a frustração que atingiu o menino.
Há também a vida dura das oficinas e os plantões noturnos intermináveis nos jornais. E os nossos momentos felizes, apesar de uma existência tão plena de pobreza. O dia da minha primeira comunhão, a primeira vez que vesti o roquete de coroinha, o uniforme de escoteiro, o primeiro dinheiro ganho foram instantes de imensa felicidade. E as tristezas, como naquele dia em que Papai Noel não veio.
Depois o menino ficou homem e aconteceram muitas aflições e desencantos. Mas o menino que você embalou, que vestiu para o primeiro dia de aula não mudou em sua essência. É humilde e terno. Apenas sofrido. Carrega dores e cicatrizes no coração grisalho.
Mamãe, o menino ainda sente a mesma necessidade de carinho e de amor, sonha e tem as mãos cheias de ternura, para repartir entre os que necessitam de compreensão e de esperanças.
Que importa o que a vida judiou se os ensinamentos que vieram de você ainda permanecem? Mas não tem sido fácil conservar em meio a tantas mágoas o gesto de bondade.
Se isto pode servir de algum consolo para você, eu conto que o mundo não me fez mau. Digo isto porque você sabe que andei muitas vezes por caminhos proibidos. Mas isto, mãe, não é coisa nossa. Abençoe seu filho, nesta hora em que sinto uma vontade imensa de chorar...

(O poeta, escritor e jornalista Alcy Araújo Cavalcante, meu pai, nasceu em 7 de janeiro de 1924 em Peixe-Boi, no Pará, e morreu em 22 de abril de 1989 em Macapá. Sua mãe, Elvira Araújo Cavalcante, morreu em novembro de 1971 em Macapá)

Acleap x Rádio Porto - Na marca do pênalti

Recebi do presidente da Acleap, Ramilton Farias, e-mail com o seguinte teor:

"Oi, Alcinéa, gostaria de pedir com todo o respeito para esclarecer alguns pontos sobre a nota “Na marca do pênalti”, publicada em seu conceituado blog, no dia 09/05/2008.

1. Não existe e nunca existiu nenhum acordo para que a Equipe da Rádio Porto recebesse R$ 8 mil como cota de publicidade para cobertura do Campeonato Amapaense 2008. E sim, um movimento de pressão, capitaneados por Rodolfo Santos, Ronildo Borges e Agord Pinto, para que a Rádio Porto recebesse valor maior que as demais equipes. Fui encostado na parede por esses “colegas” para atender ao pedido. Não acatei por entender que todas as emissoras devem receber o mesmo valor, apesar de, coincidência ou não, a equipe esportiva da Rádio Porto ter sido montada às vésperas do Campeonato, e possuir apenas cinco ou quatros filiados à nossa entidade, dos 22 que eles alegam ter.


2. Para garantir transparência, lisura e seriedade no processo, reuni minha diretoria e ficou decidido que uma comissão seria responsável pelo critério adotado e repasse às equipes esportivas. Essa comissão foi constituída por membros da Diretoria da Acleap, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal, Assessoria Jurídica e pelo Delegado da Abrace (Associação Brasileira de Cronistas Esportivos) no Amapá. Dessa forma as decisões foram compartilhadas. Com isso, retirei os poderes da presidência. A Comissão é soberana, e juntamente com os chefes das equipes, possui plenos poderes para as tomadas de decisões.

3. O número de equipes esportivas cresceu bastante do ano passado para cá. A Rádio Porto, por exemplo, não transmitiu o Campeonato Amapaense de 2007. Ainda sim todos que trabalham no Campeonato foram contemplados. Todos.

4. Por várias vezes fui procurado pelo Rodolfo Santos, para que a equipe comandada por este recebesse um valor maior. Inclusive, para fortalecer seus argumentos, ele voltou a menosprezar as demais equipes.

5. A Comissão decidiu que as equipes que estão religiosamente cobrindo o Campeonato Amapaense receberiam o valor de R$ 5 mil, para que todos que atuam fossem atendidos. Acontece que se faz necessário retirar os impostos. O que foi feito. Uma operação normal e legal.

6. Todas as demais equipes receberam o recurso, conforme recibos em poder da Comissão, e entenderam o procedimento.

7. Rodolfo Santos informou que o responsável pelo recebimento de sua equipe seria o Ronildo Borges. Ronildo se recusou a receber a cota da Rádio Porto e insultou os membros da Comissão. A atitude foi grosseira e lamentável.

8. Diante da recusa de Ronildo Borges e atendendo aos pedidos dos próprios integrantes da Equipe da Rádio Porto, a Comissão decidiu efetuar o repasse de forma individual. Portanto, os componentes da equipe da Rádio Porto receberam sim sua cota. A Comissão possui todos os recibos.

9. A única insatisfação que existe é desse trio. Será que todos nós da crônica esportiva estamos errados e somente os três certos? Evidente que não. Defendo os interesses de todos os associados e não de um grupo.

10. É importante ressaltar que o cronista Agord Pinto recebeu R$ 1.000,00, conforme recibo em poder da Comissão, pela divulgação do Campeonato Amapaense na Rádio Antena 1. Agora, ele está brigando para receber pela Rádio Porto também. O que é uma prática lastimável. O interesse dele é tão grande que se colocou à disposição para ser o advogado da dupla Rodolfo/Ronildo, conforme ofício que recebi de seu escritório.

11. Já encaminhei o documento para a Comissão, que está no prazo legal para a prestação de contas.

12. Para conhecimento, os cronistas esportivos Agord Pinto, Rodolfo Santos e Ronildo Borges estão há tempos inadimplentes com a ACLEAP. De acordo com o Estatuto da entidade, no item Deveres dos Sócios, eles estão sujeitos à desfiliação, porque estão mais de seis meses sem pagar suas mensalidades.

13. Ressalto que a publicidade institucional na cobertura do Campeonato Amapaense é legal. Os governos dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Goiás, Paraná, e tantos outros, patrocinam a cobertura de seus respectivos campeonatos estaduais. Alguns são parceiros inclusive em jogos do Campeonato Brasileiro, Taça Libertadores e Amistosos da Seleção Brasileira.

14. Sobre os comentários em seu blog, informo que viajei sim para o Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF), para participar de dois momentos importantes da crônica esportiva. No Rio de Janeiro, participei da solenidade de posse do companheiro Eraldo Leite, da Rádio Globo-RJ, que assumiu a presidência da Associação dos Cronistas Esportivos do Estado do Rio de Janeiro (ACERJ). Eraldo representa novos tempos para a imprensa esportiva carioca. E contou com meu apoio nessa empreitada. Em Brasília, fui recebido pelo senador José Sarney (PMDB-AP). Estava batalhando essa agenda desde o ano passado, e consegui no último dia 06/05/2008, conforme a imprensa amapaense noticiou no dia 07/05/2008. Fui pedir apoio para o projeto de patrocínio que estarei encaminhando à Caixa Econômica Federal, através das Loterias Esportivas. As Associações de outros Estados possuem esse patrocínio e quero trazê-lo para o Amapá. Estou trabalhando para conseguir. A parceria com o governo do Estado foi uma conquista da minha gestão, após muita luta. É normal que meus oposicionistas queiram tumultuar. Afinal vivemos em democracia.

Um abraço, Alcinéa ,e parabéns pelo blog.
Ramilton Farias
Presidente da ACLEAP"


(Ramilton, obrigada pelos parabéns, pelo abraço e pela atenção dispensada ao blog. Um forte abraço pra você também)

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Boa noite!

"Se o meu mundo não fosse humano também haveria lugar para mim: eu seria uma mancha difusa de instintos, doçuras e ferocidades, uma trêmula irradiação de paz e luta" (Clarice Lispector)

Causos da política

Aconteceu na década de 90 numa tarde na Assembléia Legislativa:

O deputado Paulo José entra no gabinete de Rosemiro Rocha quando Manoel Brasil e Fran Junior se preparavam para assinar ficha de filiação ao PL.
- Deputado Paulo José, que prazer! O ilustre colega também veio filiar-se ao PL? Aproveite que ainda tenho uma ficha em branco que estava guardando exatamente para você, diz Rosemiro Rocha.
- Não, meu caro Rosemiro. Não vim mudar de partido. Estou aqui para convidá-lo a ingressar no PTB e trouxe três fichas: uma para você, uma para o Brasil e uma para o Fran.

(Lembrando que a partir de hoje o blog épassa a ser atualizado várias vezes por dia)

Dicionário da política

Político é aquele cara que tem uma habilidade muito grande para ludibriar o povo.

(Lembrando que a partir de hoje o blog épassa a ser atualizado várias vezes por dia)

Tá no Diário

Da coluna do Luiz Melo, no Diário do Amapá:
Capa preta
Acusado de matar a modelo amapaense Patrícia Melo, empresário Carlos Montenegro já tem dia e hora para ser ouvido pelo juiz da Vara do Tribunal do Júri de Brasília.
Interrogatório acontece no dia 21 deste mês, às 16h30.


(Lembrando que a partir de hoje o blog passa a ser atualizado várias vezes por dia)

Bom dia!

“Em poesia o sentimento basta. Se o sentimento nos invade, isso há de ser suficiente” (Jorge Luís Borges)

Gitinhas

Candidatíssima
Deputada Fátima Pelaes me disse ontem que é sim candidata a Prefeitura de Macapá. Ainda ontem à tarde ela teve uma conversa com os senadores Sarney e Geovani Borges e outros líderes do PMDB quando ficou acertado que o partido terá candidato próprio. No caso, ela, já que Jaime Nunes desistiu de disputar as prévias.

Nanicos
Mais feliz que festeiro de Marabaixo, o deputado Moisés Souza está praticamente confirmado como candidato do PSC a prefeito de Macapá com o apoio de outros nanicos como o PHS, PTC, PSL e PSDC, que acham que quando os pequenos se unem se tornam grandes.

A rampa da orgia
A rampa do Santa Inês já está sendo chamada de “Rampa da Orgia”. Dizem os moradores do bairro que a rampa virou ponto de bebedeira e sexo.
Vários carros já caíram da rampa no rio Amazonas. Uns porque o motorista bêbado não consegue manobrar corretamente para sair, outros porque acabam deixando o carro em ponto morto quando estão fazendo sexo, aí na hora do “vamos ver” com tanto sacolejo... ploft... o carro cai n’água.

Bacana, né?
Li no Blog do Bacana que o governador do Amapá Waldez Góes estará hoje em Belém especialmente para a festa de 6 anos do Programa Bacana e do lançamento da quinta edição da Revista Bacana, que acontece no Hangar com show de Jorge Aragão.

Xô dengue!
De janeiro a abril foram confirmados 701 casos de dengue no Amapá.
É nos meses de maio e junho que se dá a explosão da doença por aqui. Mas evitar a dengue é tão fácil. É apenas uma questão de higiene e educação, como manter os quintais limpos, não jogar qualquer coisa que acumule água (como tampinhas e descartáveis) na rua, nas calçadas, nos quintais, limpar calhas, manter tampados baldes e caixas d’água, dar chá de sumiço naqueles pratinhos que ficam embaixo de vasos, enfim manter tudo limpinho e seco.
Simples, né?

Merda boiando
Alô alô, Prefeitura, ali no cruzamento da rua Leopoldo Machado com a avenida Aymorés tem uma fossa aberta. A vizinhança não agüenta mais o fedor nem ver o cocô boiando quando chove.

Na marca do pênalti
Briga feia está se desenhando na Associação dos Cronistas e Locutores Esportivos do Amapá (Acleap), com os associados exigindo a prestação de contas, centavo por centavo, dos R$ 75 mil que o governo do Estado repassou para a entidade para ser rateado entre as equipes de rádio e televisão que cobrem o campeonato amapaense de futebol.
Equipe da Rádio Porto, comandada por Rodolfo Santos, diz que pelo acordo firmado com a Acleap, na presença do presidente da Federação Amapaense de Futebol, deputado Roberto Góes, teria que receber R$ 8 mil, mas na hora de repassar a grana apareceu menos de R$ 5 mil. Além da equipe da Rádio Porto há outras descontentes, que ameaçam entrar na Justiça contra o presidente Ramilton Farias.

Notícias Daqui
O blog Notícias Daqui está em novo endereço. Anota aí pra não passar batido:
www.lucianacapiberibe.com
Tá moderno, dinâmico e com um visual muito pai d’égua assinado pelo talentoso Gavin Andrews.

Botequim
O "Projeto Botequim" completará 13 anos na próxima terça-feira, 13, e um montão de artistas vão fazer a festa, entre eles Osmar Junior, Bebeto Nandes, Helder Brandão, Beto Oscar, Amadeu Cavalcante e Marcelo Dias.
Nestes 13 anos já se perdeu a conta de quantos artistas desfilaram no palco deste Projeto, que se consolidou como uma vitrine de talentos, no SESC Araxá.

Beneto
Cabeleireiro super famoso, lindo e chiquérrimo, meu amigo Beneto – que mora em Paris – passou quase uma semana em Macapá e retorna hoje para a Europa.
Ontem nos despedimos com um jantar no Soho. Foi uma noite super agradável. Somos amigos há mais de 30 anos e sempre que nos encontramos temos milhões de coisas pra conversar.

Mano Zoth
Meu amado irmão Zoth chegou esta madrugada em Macapá. Fica dez dias por aqui. Claro que trouxe o violão. E a minha casa, com a presença dele, é só festa.


(Lembrando que a partir de hoje o blog passa a ser atualizado várias vezes por dia)

Seminário Empretec

O Sebrae Amapá abre inscrições para o curso mais esperado pelos empreendedores, o Empretec

Para participar, primeiramente, o candidato precisa passar por uma seleção no período de 12 a 16/05/2008, e se for apto poderá ingressar no curso, a ser realizado no período de 24/05 a 01/06/2008.
O curso é destinado a empresários e futuros empreendedores e tem como objetivo identificar e reforçar o potencial empreendedor do participante; estimular o surgimento de iniciativas empreendedoras e novas fontes de criação de empresas; aprimorar as características pessoais do empreendedor, reforçando as positivas e estimulando a melhoria dos pontos fracos, tudo isso de forma vivencial.
Os interessados em desenvolver seu negócio e multiplicar seu talento com a força do Empretec deverão procurar o Sebrae, na Rua Ernestino Borges, 740 - Laguinho. As vagas são limitadas. Mais informações no telefone (96)3312-2801/9115-7979.


(Lembrando que a partir de hoje o blog passa a ser atualizado várias vezes por dia)

Artigo


O risco à Amazônia
Janete Capiberibe
A inocência dada ao fazendeiro acusado de mandar matar a religiosa Dorothy Stang, cujo assassinato aconteceu em 12 de fevereiro de 2005, deixa transparecer a tendência de criminalizar, punir e eliminar aquelas populações que ainda hoje carecem dos direitos básicos e seus defensores. O comportamento ignora os direitos do conjunto social.

Da mesma maneira, a morte da Irmã Dorothy e a inocência aos mandantes de crimes contra aqueles que defendem o Estado democrático de direito mostram a disposição de se manter, na região Amazônica, – a qualquer preço – um modelo de desenvolvimento destruidor e provocador de violência e injustiça social.

Irmã Dorothy Stang foi morta por defender as populações tradicionais da floresta – índios, quilombolas, coletores, ribeirinhos, ... -, as levas de lavradores e pequenos proprietários de terra, os despossuídos, a justiça social e a democracia na ocupação das terras e no acesso às riquezas naturais, o respeito ao meio ambiente, ao povo e às peculiaridades da Amazônia.

O assassino da Irmã Dorothy (cujo chefe foi considerado inocente), não deu à freira de 73 anos armada com uma Bíblia a possibilidade de defesa, nem o direito de recurso. Executou-a a tiros. No mesmo ato, pretendeu – atendendo a uma determinação maior – condenar à morte, no Pará, na Amazônia, no Brasil, a sustentabilidade ambiental, a reforma agrária e a justiça social.

Lembrarei do 06 de maio passado como símbolo do desequilíbrio e da injustiça promovidos pelo modelo de desenvolvimento predatório da Amazônia. Na mesma data em que se ratificou, no Pará, a pena de morte à irmã Dorothy e suas bandeiras de luta, debatíamos, na Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional, em Brasília, a absoluta urgência de um novo modelo de desenvolvimento para a região. O atual modelo faz a Amazônia, a Oriental, especialmente, penar com a criminalidade (contrabando, biopirataria, tráfico, grilagem, exploração sexual de crianças e adolescentes, empobrecimento das populações tradicionais, eliminação da floresta...) com o patrocínio de uma organização criminosa forte e rica – no Pará, a extração de madeira rendeu cerca de $ 800 milhões de dólares, ano passado –, paralela ao Estado e, em muitos casos, com a conivência de quem deveria reprimí-los.

Três bispos do Pará ouvidos pela Comissão estão ameaçados de morte por denunciarem crimes que todo mundo vê, todo mundo conhece, mas ninguém combate. Dom José Luís Azcona, de Marajó, Dom Flávio Giovenale, de Abaetetuba, e Dom Erwin Kräutler, do Xingu, estão na mesma mira em que estava Irmã Dorothy e onde estão outros 300 sindicalistas, religiosos, advogados, militantes dos direitos humanos.

Confio. Nem a sociedade do Pará, nem a do Brasil podemos aceitar a fragilidade do Estado, a omissão, a tolerância e a conivência que apenas servem para agravar a confusão, a desordem e a anarquia, o desenvolvimento apoiado na criminalidade e o enriquecimento de poucos com a injustiça. O Estado democrático de direito está sendo sistematicamente confrontado. A sobrevivência da Amazônia e dos seus habitantes depende de tornar soberanos os direitos da maioria da sociedade e não os interesses de poucos criminosos que se sobrepõem ao coletivo ao afrontarem impunemente a lei.
(Janete Capiberibe foi exilada política durante a ditadura militar, é deputada federal eleita pelo PSB/AP e presidenta da Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados.)
(Lembrando que a partir de hoje o blog passa a ser atualizado várias vezes por dia)

quinta-feira, 8 de maio de 2008

PF prende cinco em Oipoque

A Polícia Federal deflagrou às seis horas da manhã de hoje a "Operação Cotação" em Oiapoque, município amapaense que faz fronteira com a Guiana Francesa, para desbaratar uma quadrilha acusada de cometer crimes contra o sistema financeiro.
A quadrilha compra euro na fronteira e vende no restante do Brasil, fazendo, portanto, o câmbio ilegal das moedas brasileira e francesa.
Seis mandados de prisão foram expedidos no Oiapoque e até agora cinco foram cumpridos. Já foram apreendidos também naquele município carros, computadores e documentos.
Segundo uma fonte da PF os cabeças do esquema são os irmãos Laércio e Laerte de Jeus Martins, que moram no estado de Santa Catarina. Eles vem sendo investigados há um ano.

Devagar... mas amanhã tem muita coisa

O blog ficou devagar esta semana. Andei sem tempo para correr atrás de notícias e blogar, pois estou muito envolvida na organização, junto com os poetas Manoel Bispo e José Pastana, da Antologia "Poetas do Meio Mundo", que será publicada no segundo semestre. Outra coisa que deixou o meu tempo mais reduzido ainda foi que a minha secretária teve que se ausentar por uns dias e, portanto, tive assumir afazeres domésticos e arrumar, deixando super aconchegante, o quarto de hóspedes para receber hoje com todo amor o meu irmão Zoth, músico dos bons e funcionário da Petrobrás, que mora em Manaus e vem passar dez dias aqui na terrinha. Zoth e seu violão enluarado chegam daqui a pouco pela TAM e eu estou muito feliz.

Ah, estou fazendo pequenas mudanças no blog. A partir de amanhã este blog será atualizado oito vezes por dia. Portanto muitas noticias quentinhas, saídas do forno, e várias novas seções, numa delas a gente vai contar causos da política, em outra causos da imprensa amapaense, em outra .... ah, não vou contar tudo pra vocês agora pra não perder a graça. E cuidado, porcalhões, pois a campanha contra a dengue e os sujismundos vai continuar.

Bom, então até amanhã ... ou até mais tarde se, como diziam os jornalistas antigamente, "algum fato importante justificar uma edição extraordinária."

Colunistas do blog

O Paraíso Terrestre

Rostan Martins
Aproveito esse espaço para manifestar meus sentimentos da visita que fiz ao “Solo Sagrado” da Igreja Messiânica Mundial do Brasil na quinta-feira, 01. O Solo Sagrado é o protótipo de um mundo ideal ou paraíso terrestre. A Igreja Messiânica foi criada pelo japonês Mokiti Okada (conhecido por nós messiânicos como Meishu Sama, que significa Senhor da Luz) em 1º de janeiro de 1935. “O Paraíso Terrestre pode ser compreendido como o mundo dos felizes. Será um mundo de alta civilização, isento de doenças, pobreza e conflito. Cabe a nós, entretanto, encontrar a forma de minorar o sofrimento humano e transformar em paraíso este mundo repleto de males” (Meishu Sama).

O Solo Sagrado de Guarapiranga na cidade de São Paulo (o maior da America Latina) é realmente um protótipo de um paraíso terrestre, construído sobre 327 mil metros quadrados onde reina a paz, a harmonia, a oração, a meditação e a beleza da natureza. Uma verdadeira união entre homem, espírito e natureza. Um lugar onde as pessoas meditam e entram em sintonia com a natureza erguendo a sua espiritualidade. Muito apropriado para os dias de hoje, onde as pessoas são mais materialistas do que espiritualistas. Isso eu pude verificar no solo. Lá não se tem fiscal, não se tem empregados, não se tem falta de educação e se diz muito obrigado pra tudo. Apesar das milhares de pessoas presentes. E apesar de se ter lojas, lanchonetes, artesanato, serviços de saúde, a harmonia, a paz e a felicidade reinam. Ouvem-se as vozes da natureza e dos espíritos. “Assim revigorada, seu trabalho renderá mais e, naturalmente, seu caráter também se elevará. Por isso, a contribuição do protótipo do Paraíso Terrestre para o espírito das pessoas da sociedade será inestimável” (Meishu Sama).

O mundo divide-se em visíveis (matéria), invisíveis (espírito) e de ação. No Solo podemos constatar os visíveis (a natureza, as pessoas, etc.), os invisíveis (o mundo espiritual, as orações, as palavras, etc.) e o mundo de ação (construção do Solo). Na quinta-feira vi o invisível. Mas, em tudo, vamos do espírito, passamos pela matéria e chegamos nas ações e não o contrário.

Todos os afazeres do Solo são realizados por pessoas dedicantes (voluntários) que se revezam nos trabalhos, nas vendas nas lojas, nas limpezas e dedicações monetárias para as obras como gratidão.

Por todas as partes do Solo se sente a energia, uma maravilha que não tem como explicar. O Solo é totalmente coberto pelo verde da natureza e por muitas flores. “O Paraíso Terrestre é o mundo do Belo. Em relação ao homem, é a beleza dos sentimentos, o belo espiritual. Naturalmente, as palavras e atitudes do homem devem ser belas” (Meishu Sama).

Minha visita ao Solo foi no dia o culto mensal da igreja, onde consta de palestras sobre os ensinamentos, preleção, oração aos antepassados e muita espiritualidade.

Meishu Sama criou a Messiânica com o objetivo de construir um mundo baseado na Verdade, no Belo e no Bem. Meishu Sama após falecer em 1955 deixou ensinamentos para que as pessoas alcancem a verdadeira saúde, a prosperidade e a paz, para isso deixou no Japão três Solos Sagrados (protótipos de um mundo ideal ou paraíso terrestre) em Hakone, Atami e Kyoto, além de vários museus de artes espalhados pelo mundo. “Enobrecer os sentimentos do homem e enriquecer-lhe a vida, proporcionando-lhe alegria e sentido, é a missão da arte” (Meishu Sama). A Messiânica ainda tem na sua base filosófica o Johrei (“Joh” – purificar e “Rei” espírito. Portanto purificação do espírito), que é a canalização com as mãos da intangível, infinita e poderosa energia dos homens.

Se eu pudesse aconselhar as pessoas, aconselharia para uma visita ao Solo Sagrado pelo menos uma vez ao ano. O nosso mundo, com certeza, seria muito melhor.

(Rostan Martins, professor e escritor, escreve todas as quintas neste blog)

terça-feira, 6 de maio de 2008

Boa tarde!

SIMBIOSE
Enzo Carlo Barrocco
Esperemos a palavra
nascida de inumeráveis gargantas,
a simbiose entre homens e ruas,
planta indomável das calçadas.

Porque de agora em diante
é impossível abortar a fala
parida sobre
as muitas pautas dos gramáticos.

Poetas mencionarão sua geografia,
península léxica,
a nova peste contaminará
as páginas dos livros que virão.

(Enzo Carlo Barrocco é poeta, contista, cronista e pesquisador literário paraense. Mantem o blog jiraudiverso.blogspot.com que eu leio todos os dias e recomendo)

Comissão vai ouvir bispos ameaçados

A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional da Câmara dos Deputados vai ouvir logo mais, em audiência pública, os bispos da Igreja Católica ameaçados de morte por denunciarem grilagem de terras, derrubada ilegal e tráfico de madeira, além de tráfico de crianças, adolescentes e mulheres para prostituição na Guiana e na Europa.
A audiência pública - que foi pedida pela deputada Janete Capiberibe - começa às 14h no plenário 14, anexo 2 da Câmara dos Deputados.

Bom dia!

"Teus silêncios são pausas musicais"
(Mario Quintana)

Xô dengue!

Lembra daquele terreno imundo, cheio de mato e com a carcaça de um carro usado por torcedores na última Copa do Mundo que eu mostrei aqui no blog várias vezes?
Passei ontem à tardinha por lá e gostei do que vi. O terreno já foi capinado, a carcaça foi lavada e removida para uma área coberta e máquinas estavam retirando os entulhos.
Tá vendo? Quando a gente grita alguém tem que escutar. Portanto, vamos continuar chamando a atenção da Prefeitura para os criadouros do mosquito da dengue.

Alô, alô, Prefeitura, a piscina da AERC é uma ameaça à saúde pública. Quem manda dizer é o Patrique Lima que inclusive publicou fotos no seu blog, o Papos de Juventude.

E um morador do conjunto Laurindo Banha manda avisar que na avenida Violeta Mont'Alverne, próximo a Rua 30 de Julho, um terreno de um bem sucedido empresário virou uma enorme lixeira. Diz que o cara comprou este terreno há 15 anos e a única coisa que fez lá foi um muro. Comprou pra especular, né? Tomara que os sem-tetos invadam.